Território e Poder: As Elites e a Organização do Território em Campos dos Goytacazes

Defendida em 09/03/2016. Resumo: O território de Campos dos Goytacazes e suas elites são o objeto de estudo de nosso trabalho. O objetivo da pesquisa é compreender a organização do território e das elites campistas, sendo estas os grupos dominantes, capazes de organizar de forma hegemônica o território. As relações de poder desse processo, e as ações políticas dos grupos sociais envolvidos são assim fundamentais nesta análise. As divisões das frações da elite internamente e ao longo do processo de apropriação e reprodução territorial são o desenrolar desta pesquisa. As elites em Campos dos Goytacazes se formaram nos momentos iniciais da organização territorial, o território colonial agrário e escravista, onde se deu o esboço da elite. Deste substrato teremos a consolidação de uma elite já estruturada no século XIX, fruto da modernização dos engenhos, e que se constituiu em um restrito grupo que domina economicamente e politicamente. Essa elite foi a base originária das elites do século XX, as elites campistas neste momento foram marcadas pela elite política representante do conjunto das elites, e a fração dominante, os usineiros, controladores das indústrias e da produção sucroalcooleira. Durante este século vemos a expansão da monocultura e da produção sucroalcooleira, e assim do domínio destas elites. Será na década de 1980 que encontraremos o declínio econômico das elites e sua erosão política. Da profunda crise local e nacional, política e econômica das antigas elites, e a instalação de uma nova realidade. Trabalhamos com a hipótese de que com o fim das elites tradicionais uma “nova elite” surge dominando o Estado. Em um contexto de declínio da monocultura da cana e a descoberta de petróleo em Campos, que levará ao desenvolvimento de uma economia dos royalties, e a vultosos recursos para a prefeitura e a elite que a assumiu, a qual denominamos elite político-administrativa.

Abstract


The territory of Campos dos Goytacazes and its elites are the object of study of our work. The objective of the research is to understand the organization of the territory and elites of Campos, these being the dominant groups, able to organize hegemonically territory. The power relations in this process and the political actions of the social groups involved are thus fundamental in this analysis. The divisions of elite fractions internally, over the appropriation and territorial reproduction process are the development of this research. The elites in Campos dos Goytacazes formed in the early stages of the territorial organization, the agrarian and slaveholding colonial territory, where it has the elite outline. From this substrate will consolidate already mature elite in the nineteenth century, thanks to the modernization of the mills, and which constituted a restricted group which dominates economically and politically. This elite was the originary base of the elite of the twentieth century, the elites at this time were marked by the political elite representative of all the elites, and the dominant fraction, the mill owners, controllers industries and sugarcane production. During this century we see the expansion of monoculture and the sugar and alcohol production, and thus the domain of these elites. It will be in the 1980s that we find the beginning of the economic decline of the elites and their political erosion. The profound local and national crisis, political and economic, of the old elites, and the installation of a new reality. Work with the hypothesis that with the end of the traditional elites a “new elite” appears to dominate the state. In a context of declining sugarcane monoculture and the discovery of oil in Campos that lead to the development of an economy of royalties and vast resources to the city and the elite that took over, which we call political and administrative elite.

Recuar


Download Versão PDF

Aluno:  Igor Paolo Ribeiro Dias Rodrigues
Orientadora:  Silvana Cristina da Silva

Banca Examinadora:

  • Prof. Dra. Silvana Cristina da Silva
    PPG Geografia / UFF Campos
  • Prof.Dr. Glauco Bruce Rodrigues
    PPG Geografia / UFF Campos
  • Prof. Dr. José Luis Vianna da Cruz
    PPG Planejamento Regional e Gestão de Cidades / UCAM Campos

Data da Defesa:  29/03/2016 14:00
Local da defesa: Sala 105, Bloco F, Campus UFF Campos

Comentários estão fechados